sexta-feira, 21 de junho de 2013

Escândalo na Arbitragem



Portugal, 21 de Junho de 2013



Com o chamativo (e bombástico) título “ESCÂNDALO NA ARBITRAGEM”, o jornal A BOLA colocava estes parceiros do futebol na 1ª página, numa das raras vezes que o título principal consegue sair da esfera do futebol e do Benfica.


Com a chamada de atenção para o ESCÂNDALO NA ARBITRAGEM queria o jornal A BOLA chamar a atenção para os erros grosseiros dos árbitros num determinado jogo ou num conjunto de jogos? Queria o jornal A BOLA chamar a atenção para a condenação do ex-árbitro Martins dos Santos, o árbitro que impediu o Benfica de ganhar em Alvalade em 2002, quando assinalou 1 penalty contra nós, por suposta mão na bola de Armando Sá, aos 94 mn de jogo? 


Não. Nada disso. O jornal a BOLA quis chamar a atenção para situações de natureza administrativa com implicação final na classificação final dos árbitros! Focando temas como “segundo melhor árbitro do ano apenas arbitrou 5 jogos na Liga”, “quinze árbitros impugnaram a avaliação”, “árbitro assistente que tem integrado a elite da UEFA despromovido aos distritais”, “Paços de Ferreira – FCP e Marítimo – Benfica foram classificados com coeficiente mínimo de dificuldade”.


Mas estes são os aspectos que têm a arbitragem descredibilizada relativamente aos interesses do FCP? Ou são aspectos que interessa a alguém que sejam questionados? Vamos lá por partes.


O tal árbitro que apenas arbitrou 5 jogos da Liga, é Pedro Proença. E que jogos arbitrou? SCP - Braga, Nacional - Benfica, FCP - Braga e FCP - Benfica. Falta-me o quinto jogo e não tenho tempo para procurar, mas já é perceptível que Proença é o preferido para os jogos importantes para os interesses instalados. Se avaliarmos o seu curriculum podemos concluir que o FCP ganha praticamente todos os jogos por si arbitrados, o Benfica na inversa, raramente ganha, e o SCP se jogar minimamente à bola, também ganha quase sempre.

Ora 3 dos 5 jogos que lhe foram destinados decidiram o campeonato: o Benfica não ganhou nenhum de dois, o FCP ganhou dois de dois, e até o SCP ganhou ao Braga com erros que a Sporti-FCP TV não analisou. Portanto este homem, nem devia ficar “apenas” em 2º lugar, mas sim em primeiro, mais uma vez.


Depois temos 15 árbitros a impugnar a avaliação. E pasme-se, no dia seguinte o presidente dos árbitros veio de imediato a terreiro admitir o erro. Mas esperem lá: se o erro era tão evidente (manipulação de critérios de avaliação no final da época) porque razão foi cometido? Será que estamos perante um ensaio de uma farsa em que árbitros conotados com o FCP, como Hugo Miguel, são mal classificados para dar a ideia que foram penalizados pelos erros que cometeram a favor do FCP, quando depois se engendra uma reclassificação e volta tudo ao normal? Será? Vamos ver quem perde e ganha na próxima avaliação...


Parece-me mais ou menos linear que a notícia e destaques de A BOLA foram um frete a alguém. Pelo inusitado destaque, pelo empolamento de um acto administrativo quando antes, os muito mais graves eros de campo lhes passaram “despercebidos”, enfim, pelo baralhar de problemas, para voltar a dar e ficar tudo na mesma. Este é o jornalismo cretino que várias vezes tenho denunciado...


Deixo aqui exemplos de alguns temas que deveriam ter merecido o mesmo destaque do jornal A BOLA, com títulos garrafais de ESCÂNDALOS e POLÉMICAS, antes das coisas terem descambado a favor do clube protegido, o FCP:



O comentador da TVI, Marcelo Rebelo de Sousa, fez uma revelação enigmática no seu comentário de domingo no jornal nacional. O antigo presidente do PSD afirmou que «o responsável pelos árbitros» lhe confessou que «a arbitragem vai piorar» esta temporada. SAPO Desporto online, 20 de agosto de 2012 08:23h

O FC Porto vetou os árbitros Duarte Gomes e Bruno Paixão. Segundo soube o CM, no dia 14 de Setembro, o nº 2 dos dragões, Antero Henrique, esteve em Lisboa e reuniu-se com o presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da FPF, Vítor Pereira, o ‘vice’ Antonino Silva e o vogal Lucílio Baptista. Luís Guilherme (vogal) também foi convidado, mas, de acordo com as fontes contactadas, recusou, por entender que o CA não deve ter reuniões secretas com os representantes dos clubes”. Correio da Manhã online, 1h00, 27 de Setembro de 2012

Ontem, no primeiro de dois dias de folga do plantel, a Direção do V. Setúbal esteve reunida para discutir que reação o clube pode tomar, oficialmente, em relação às últimas arbitragens, nomeadamente a de Jorge Tavares. Em princípio, segundo fonte do clube, os sadinos vão mesmo avançar com uma queixa formal devido aos erros da equipa de arbitragem, sobretudo o quarto golo do Rio Ave, marcado por Del Valle em posição de fora de jogo, e ainda uma grande penalidade que ficou por assinalar por mão na bola de Edimar. BOLA online, 08:38, 27-11-2012

Indignação total, ARBITRAGEM DE PROENÇA RESPONSABILIZADA POR DERROTA. O golo anulado a Alan e outras decisões de Pedro Proença durante o jogo de Alvalade deixaram o grupo bracarense completamente indignado. RECORD online, 03:30, 13 novembro de 2012

“A arbitragem de Bruno Paixão gerou grande descontentamento na equipa do Beira-Mar, muito por causa de um golo anulado a Saleh, à passagem do minuto 70. “Foi mais um golo que nos tiraram, que era limpinho. Assim fica difícil”, atirou o central Bura, de 24 anos, continuando: “Sofremos muitos golos no campeonato mas também temos marcado muitos. Só que alguns tiram-nos e é complicado...” , RECORD online, 03:28, 8 abril de 2013

7 comentários:

  1. então e o grande hugo miguel que apitou um dos jogos mais fáceis da época, o paços-fcp. O nível de dificuldade considerado foi o mínimo, com o factor 0,2?

    Há uma coisa que não entendo no "alinhamento" dos media. Por um lado o maisfutebol parece desalinhar do fcp, mas, por outro lado, a judite de sousa está a tentar mover mundos e fundos para defender o porto, ao ponto do marcelo rebelo de sousa chamar a atenção para o seu facciosismo, e no último programa com Medina Carreira, no final, depois de se falar das tarifas da electricidade e da electricidade em geral em Portugal com o Antonio Mexia (num programa de economia), começar a fazer perguntas acerca da edp e do que o Mexia disse do Benfica-Porto.

    Tens opinião sobre isto?

    ResponderEliminar
  2. Bom, o serviço que a BOLA pode ter prestado foi precisamente a árbitros como Hugo Miguel... numa 1ª avaliação a sua nota foi baixa para sugerir ao "povo" que a sua má actuação não passou em claro aos responsáveis da arbitragem. Numa 2ª avaliação e após este "quase" polémica e escândalo na arbitragem, irão seguramente, subir-lhe a nota. E ele vai poder galgar uns lugares na classificação.

    Ele e uns quantos que deste modo percebem a força do "sistema". Isto é, percebem quem manda. E quem manda defende uma "matriz" de erro. Eles irão perceber bem como terão de fazer no próximo ano.

    O controlo da arbitragem não se processa apenas de uma forma, mas de todas as que são conhecidas e que os homens do FCP conseguem articular de forma isolada ou em conjunto. Vítor Pereira faz parte de um conjunto e como está condicionado desde os anos 90, onde "provou a fruta", foi filmado e confrontado com a cassete (VHS ao tempo), tem de desempenhar bem o seu papel. Também é uma questão de hábito. Os corruptos depois de se habituarem já não acham mal... e pode ser que caia sempre algo na conta bancária ou sei lá, uma prenda enviada numa caixa de papelão com dedicatória dos sócios do FCP pelo bom trabalho desempenhado à frente da Comissão de Arbitragem....

    Quanto ao facciosismo dos adeptos do FCP, e não faço distinção entre o adepto de calque ou o adepto intelectual, apenas posso dizer que a cultura do Porto é diferente da cultura de Lisboa. As pessoas vivem, pensam e sentem de forma diferente os problemas da sua terra, no Porto e em Lisboa. Vivi a espaços nos dois lados e posso comparar. Portanto nem se pode falar de facciosismo, mas sim de aberrante defesa dos interesses do clube maioritário lá da terra. Eles nem pensam, porque - esta é uma verdade - do outro lado, só lhes aparecem otários e vaidosos a contrariar as teses do FCP. Mexia foi precipitado no que disse embora, não tenha dito nada que não se saiba. Uma vitória do Benfica faria bem à economia nacional...

    Deve dizê-lo enquanto presidente da EDP? Isso é outra coisa.. mas o que é certo é que o Presidente do FCP logo viu ali MAIS UM cavalo de batalha.

    Onde anda o Presidente do Benfica quando somos gamados à descarada por erros mais que grosseiros dos árbitros? Onde anda o presidente do Benfica quando somos vexados por debates na praça pública sobre a natureza dos erros de um árbitro num jogo do Benfica e supostamente a favor do Benfica? Em lado nenhum, certo? E isso não culpa do FCP...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Vítor Pereira faz parte de um conjunto e como está condicionado desde os anos 90, onde "provou a fruta", foi filmado e confrontado com a cassete (VHS ao tempo), tem de desempenhar bem o seu papel."

      Uiii, tens a certeza disto?

      Eliminar
    2. Certeza não tenho porque não vi :) mas não escrevo à toa... alguém, sócio do FCP, me disse isso em 1996! A propósito de uma conversa sobre futebol, que teve lugar no Café-Pastelaria Corcel ali para a zona da Constituição no Porto, a páginas tantas eu disse ao tal interlocutor, em tom de brincadeira: "não sei como é que fazem, mas até o Vítor Pereira que é simpatizante do SCP (na altura não sabia que era sócio) quando apita jogos do FCP "engana-se" sempre a vosso favor...".

      Ele respondeu com uma calma tremenda "esse? ó amigo, esse está controlado" ... "metemos-lhe umas meninas por baixo, filmamos e mandamos o VHS para casa" ... Claro que perante a naturalidade da revelação, ri-me e disse-lhe "é pá, fantástico ... vocês assim ganham os campeonatos que querem..."

      E assim foi. Iam no 2º de 5 e daí para cá a média tem-se mantido ... em Lisboa que fazem? Mudam de treinador, de jogadores, ganham dinheiro nas comissões, os Gigantes de Lisboa afundam-se em dividas e o FCP continua a ganhar da mesma maneira ...

      BASTA! Pois, devia bastar, mas não temos gente, só "artistas" do lado da Direcção e "tagarelas" do lado dos que querem ser e não são...

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar