sábado, 10 de agosto de 2013

Onde Cardozo rima com Vieira

Portugal, 9 de Agosto de 2013

Apesar de ter recebido alguns comentários em sentido oposto, continuo a considerar que o dossier Cardozo está terminado. A partir do momento em que lhe foi permitido voltar a frequentar as instalações do clube/SAD, a partir do momento que ficou claro que regressava aos treinos e ia ser reintegrado no plantel, o problema ficou resolvido. Com custos elevadíssimos para o Benfica e para o jogador, mas estava concluído.
Infelizmente os adeptos vêm e lêem muita coisa, salientando-se a influência que o jornal A BOLA tem na esmagadora maioria (reflexos dos tempos em que era o “Pravda” que já não é) dos adeptos e hoje, a capa “ENTRAR PARA SAIR” provocou mais uma quantidade de teorias da conspiração. Pelos vistos os adeptos acreditaram que vai haver um problema entre Cardozo e Jesus, que os colegas de Cardozo não lhe vão perdoar, etc, etc. É fácil fazer filmes com o Benfica.
Estou a mais de 400 km da capital do Império, não tenho conhecimentos dos bastidores mas atrevo-me a dizer que não se vai passar nada e ainda vamos ver Cardozo e Jesus em amena cavaqueira nos treinos. Porque aposto nisto? Porque o jornal A BOLA que quer continuar a fazer um caso é o mesmo jornal que há dias intitulava “NÃO TENHO CABEÇA PARA O BENFICA”, apesar de Cardozo não falar à comunicação social. A mentira que lhes serviu para fazer uma capa uma vez, não pode servir duas vezes? Acho que sim…
Até porque, se os adeptos do Benfica pensassem um pouco, iriam perceber que o Fernando do FCP manifestou vontade públicamente em sair do FCP, e nada aconteceu. O Bruma está como está no SCP, e nada se questiona. Só lhes interessa o Cardozo. Porquê? Porque é o Benfica, há que criar casos laterais, há que distrair os adeptos do Benfica… Adiante pois todos os anos é assim…
Muita gente criticou a teatralidade da reconciliação, com razão, mas poucos repararam que nos últimos dias todas as sondagens on-line de BOLA, RECORD e CM iam no sentido do perdão a Cardozo e da sua re-integração. Em particular depois da capa da BOLA “O SORRISO DE CARDOZO”, após derrota com o S. Paulo (olha se fosse com o Braga e os 10 do West Ham). Vejamos algumas “enquetes”:
Justifica-se o exílio que o Benfica impôs a Óscar Cardozo? RECORD 04-08. Não: 72%. Benfica deveria pôr fim à polémica e reintegrar Cardozo no plantel? BOLA 06-08. Sim: 65%. (Após reintegração de Cardozo) Perante o ‘mea culpa’ de Cardozo, benfiquistas devem perdoá-lo? BOLA 08-08. Sim: 68%. Pelo meio há uma sondagem do CM online, que não guardei, onde à pergunta “Jesus está a resolver bem o caso Cardozo” a resposta também por mais de sessenta e tal por cento, era “não”.
Terá sido a reintegração de Cardozo decidida pelas sondagens? Não sei. Sei que precisaram de 73 dias para decidir o que fazer do jogador quando em condições normais, o processo disciplinar ficava decidido nas férias, fosse qual fosse a sanção aplicada.
Mas isso seria decidir em função do Benfica, com competência e sentido de responsabilidade. Atributos que andam arredios da actual estrutura do Benfica, como aliás andaram também arredios quando Damásio era Presidente do Clube. Um dia volto ao tema.
Mas onde é que Cardozo rima com Vieira? Na questão da remuneração. É sabido que são atribuídas a Cardozo (a ele nunca ouvi) algumas reclamações salariais. Se são referências verdadeiras ou não, não sei. Os jornais muitas vezes inflacionam as declarações para atingir outros propósitos.
Mas há uma noticia que me parece bem credível. E que explica muita coisa:
SAPO DESPORTO, 10 de novembro de 2012 10:03h. O paraguaio Oscar Cardozo quer ver o seu salário ser aumentado, não querendo ganhar menos do que Lima, contratado ao Sporting de Braga no verão, adianta o Correio da Manhã.Segundo fonte próxima do jogador contactada por este jornal, o paraguaio não convive bem com o facto de auferir, neste momento, menos cem mil euros do que o brasileiro. Lima iria receber 700 mil euros por ano, mas a fonte garantiu que o jogador recebe um milhão. Tacuara recebe pouco acima dos 900 mil por ano.
É aqui que pode estar a chave do problema. Cardozo sente-se pouco reconhecido pelo papel que tem tido nestes últimos anos do Benfica, a marcar golos que nos têm enchido de orgulho, em particular nas provas com árbitros estrangeiros, apesar das poucas vitórias em termos de títulos. Vieira contratou Lima pagando-lhe de entrada 700 mil, que podem ser o tal milhão que as fontes ligadas ao processo referem. Enquanto o Tacuara, com uma folha de serviço longa e bem recheada, ganha menos!
Lima recordo, foi contratado ao Braga em 31 de Agosto de 2012, por 5 milhões de euros, quando se sabia que a partir de Janeiro era um jogador livre e podia assinar a custo zero pelo Benfica. Ora o Sr.º Vieira não podia deixar mal o amigo Salvador, e vai daí, como o dinheiro não é dele, investiu 5 milhões para no final, voltar a não ganhar nada (aspecto que não lhe interessa).

E ainda criou um problema com um jogador que tem provas dadas em golos e longevidade no clube. Este é apenas mais um exemplo de como o Benfica está a ser gerido. Ou melhor. Não está a ser gerido. Mandam os negócios, as negociatas, os amigos e a Banca.

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar